Burbury - 2 de abril de 2018

Quanto vale um conteúdo criativo?

Você sabia que 97% das pessoas entenderam exatamente a ideia do Steve Jobs em sua
primeira apresentação do Iphone? Por isso um conteúdo claro e confortável que fale a “mesma língua” do leitor ou ouvinte é vital para essa nova dinâmica tecnológica. Mesmo uma novidade pode parecer muito fácil de entender quando se é dita da maneira adequada.

creative-rut-blog-post-picture-v2

É aquela sensação de já ter visto algo ou alguém em algum lugar. Assim funciona o conteúdo, quando você vê ou escuta algo que soa familiar, mas na verdade é um conteúdo novo e interessante e que te prende a ele, pois está tão dentro de você que te atrai.

Autenticidade no conteúdo é tudo!

Sua marca ou serviço só precisa se conectar com a emoção dos usuários, eles precisam se identificar com o que está sendo falado. Até porque os seguidores não querem se sentir espectadores das redes sociais, eles querem se perceber
parte delas. E não pense que os usuários estão lá fora, eles são como eu e você. Afinal, todos nós estamos online não é mesmo?

Este é objetivo da comunicação omnichannel: múltiplos canais para um único consumidor.
E cada canal tem a sua “levada” individual, sua especificidade de conteúdo. Desta forma muitas vezes o mesmo texto pode ser dito em muitos formatos: um para o website, outro para as mídias, outro para o blog, e por aí vai!

E saiba também que um conteúdo efêmero, quer dizer, aqueles super atuais, de momentos passageiros como os dos stories que só duram 24h, trazem grandes oportunidades para as empresas, já que instigam urgência de compra ao consumidor. A verdade é que seus clientes vão muito além das pessoas que compram seu produto ou serviço diretamente, e a abordagem “Customer Experience with Soul” sugere um novo olhar
sobre o empreendedor, focado a oferecer a melhor e mais significativa experiência a seus clientes.

avatar-livia

– Lívia Polly –
Fundadora da Agência Burbury/
Estrategista de Comunicação