Blog - 7 de junho de 2013

O mundo é dos nerds!


Inseridos completamente no mundo digital, os geeks já não representam aquela parcela excluída da população, pelo contrário, estão sempre atualizados com as últimas novidades em tecnologia o que os torna “cool”.

O mercado percebeu a ascenção deste grupo e passou a desenvolver estratégias de marketing voltadas exclusivamente para eles. Estes consumidores representam alta lucratividade por sua fidelidade, são exigentes, gostam de ler e buscam informações aprofundadas sobre diretores de cinema, desempenho de jogos, sagas de livros e filmes relacionados aos seus temas preferidos. Para atender a esta demanda, existem maratonas de games, eventos e feiras segmentadas, lojas especializadas em roupas, objetos para coleção, decoração e bonecos do estilo toy art, além de revistas, sites e programas de televisão. Quem não conhece o sucesso da TV americana “The Big Bang Theory”?

Os geeks atuais são representados pela geração Mark Zuckerberg, jovem, milionário, viciado em internet. Eles assumiram seu estilo de vestir e gostos, se tornaram um novo modelo aspiracional para boa parcela da juventude e ampliaram as fronteiras do universo nerd para todos os públicos. Um exemplo disso é a internet e as redes sociais que se popularizaram e unem 2,5 bilhões de usuários no mundo de acordo com dados da União Internacional de Comunicações Elétricas, divulgado em 2012.

Como resultado desta expansão, o mercado com foco nos geeks passa a atrair investidores e patrocinadores motivados pelo alto nível de engajamento dos consumidores. Como os geeks estão afinados com inovações tecnológicas, é mais fácil para as marcas desenvolverem estratégias multiplataformas, além de darem bastante valor a objetos, uma forma diferente de consumir entretenimento.

Os produtos e marcas escolhidos são considerados parte da identidade pessoal, o que aumenta a exigência. Estes consumidores demandam conteúdo especializado e fazem questão de além de consumir informação encontrar um espaço para expor suas ideias.

Para conquistar a atenção é necessária uma investigação para identificar onde este público está, e em quais canais consome conteúdo. “Normalmente, o público geek conversa em múltiplas plataformas e também consome conteúdo em vários canais diferentes. É preciso entender a linguagem deles e daí buscar as plataformas onde eles estão inseridos. Se a marca não tem experiência com este público, talvez seja melhor buscar uma empresa especializada que já tenha estes canais estabelecidos. Este com certeza é um diferencial para quem quer trabalhar com este mercado”, comenta Vicente Vieira, Diretor de Negócios da Manifesto Games, em entrevista ao portal Mundo do Marketing.